2020-02-Banner-Capa

Relatório aponta que streaming de música representou 83% da receita da indústria fonográfica no ano passado

Segundo um relatório anual elaborado pela Recording Industry Association of America, a receita geral de música gravada aumentou 9,2%, atingindo US $ 12,2 bilhões em 2020. O crescimento se deve em sua maioria a elevação do consumo de streaming de música. Das principais plataformas de streaming que contribuíram com o resultado estão Spotify e Apple Music.

Apesar dos limites impostos pela pandemia do novo coronavírus, como a inviabilização de shows e eventos, a indústria da música encontrou uma alternativa para se destacar diante destas dificuldades. Segundo um relatório anual de fim de ano, desenvolvido pela Recording Industry Association of America, a receita geral de música gravada aumentou 9,2%, atingindo US $ 12,2 bilhões em 2020. Esse crescimento foi sustentado principalmente por mais dinheiro proveniente de serviços de streaming, com o formato gerando US $ 10,1 bilhões em receita no ano passado, acima dos US $ 8,9 bilhões em 2019.

De acordo com o levantamento, o streaming foi responsável por 83% da receita total do setor. Das principais plataformas de streaming, Spotify e Apple Music foram os maiores contribuintes, gerando US $ 7 bilhões em receita entre os dois. Enquanto o consumo de plataformas digitais de música seguem em ritmo crescente, as As vendas de CDs e downloads digitais continuaram diminuindo, com exceção do vinil, que seguiu forte por mais um ano.

Fonte: TudoRádio

Assine nossa Newsletter