Categorias de Conteúdo ::

Contribuição Sindical

Para emitir a guia de contribuição sindical, é preciso acessar o site da Caixa no link
https://sindical.caixa.gov.br/ e inserir as informações abaixo:

Código da entidade: 800

CNPJ: 08.191.486/0001-01

TABELA CONTRIBUIÇÃO SINDICAL 2019

LINHA

Classe de Capital Social R$

Alíquota

Parcela a Adicionar R$

1

de 0,01 a 29.268,75

Contribuição única de

R$ 234,15

2

de 29.268,76 a 58.537,50

0,80%

-

3

de 58.537,51 a 585.375,00

0,20%

R$ 351,22

4

de 585.375,01 a 58.537.500,00

0,10%

R$ 936,60

5

de 58.537.500,01 a 312.200.000,00

0,02%

R$ 47.766,60

6

de 312.200.000,01 em diante

Contribuição máxima

R$ 110.206,60

Data de recolhimento: 31 de janeiro de 2019

OBSERVAÇÃO:
Solicitamos a todos observar o valor de capital correto de sua emissora.
* Exemplo de Cálculo: Capital Social da emissora = R$ 80.000,00

R$ 80.000,00 x 0,20%  = R$ 160,00
+ Parcela a adicionar = R$ 351,22
----------------------------------

Total a recolher = R$ 511,22

Diretor geral da ABERT afirma que Rádio foi um dos meios que mais inovaram em 2018

O diretor geral da ABERT, Cristiano Lobato Flores, ressaltou a importância do meio Rádio em 2018. Segundo ele, o Rádio foi um dos meios que mais inovaram no ano passado e um dos motivos foi a maior utilização das plataformas digitais para transmissões ao vivo.

O diretor geral ressaltou a pesquisa Book de Rádio, do Kantar Ibope Media, divulgada em 2018, que apontou que mais da metade da população brasileira ouviu rádio todos os dias. “O último ano foi um marco no avanço tecnológico das emissoras. Mais rádios começaram a utilizar as plataformas digitais para transmissões ao vivo, conhecendo sua audiência por meio de dados e aproximando seus ouvintes”, afirma Flores.

radio

De acordo com o diretor, 2018 também foi um ano de desafios e conquistas que fortaleceram ainda mais o setor. “Tivemos Copa do Mundo, greve dos caminhoneiros e o período eleitoral, que levantou uma grande discussão sobre as notícias falsas. Tudo isso acabou valorizando ainda mais o meio, sobretudo as rádios do segmento all news, que transmitem notícias o tempo todo em sua programação”, ressalta o diretor geral.

Outro marco do último ano foi a aprovação da flexibilização definitiva do programa A Voz do Brasil. “A flexibilização da Voz do Brasil foi a vitória de uma luta de anos do setor. Com isso, as rádios puderam alargar a oferta na grade de programação”, destaca Flores.

Com a internet, as emissoras têm superado as barreiras das ondas do rádio, alcançando outros estados, países e se aproximando ainda mais dos ouvintes com as transmissões de vídeo. Mas, de acordo com Flores, somente colocar a câmera no estúdio e começar a gravar não é a fórmula do sucesso. “É preciso digitalizar os trabalhos de maneira estratégica, aumentando o share de audiência e entregando dados para o anunciante”, garante ele.

Fonte: tudoradio.com

Assine nossa Newsletter