2020-02-Banner-Capa

Tendências | Digital auxilia receita da iHeartMedia durante a pandemia do novo coronavírus. Executivo fala sobre defesa do rádio

A iHeartMedia, maior grupo de rádios dos Estados Unidos, realizou um balanço de suas atividades neste primeiro semestre de 2020, auge dos impactos sociais e econômicos causados pela pandemia do novo coronavírus. Segundo a empresa, a receita positiva do grupo foi mantida devido à ajustes operacionais e também ao grande interesse de anunciantes em suas plataformas digitais, com destaque aos podcasts. Já o rádio terrestre (FM/AM) manteve sua audiência durante a pandemia, mas sofreu com queda de receita em publicidade. Acompanhe os detalhes:

Os dados relacionados a iHeartMedia foram discutidos em conferência virtual, que contou com falas do CEO da iHeartMedia, Bob Pittman. O executivo disse que o rádio em formato de transmissão terrestre foi a mais atingido financeiramente pela pandemia, devido ao fato de que o meio depende tanto de contratos de curto prazo. Em comparação com outros meios, que contam com mais negócios a longo prazo, Pittman afirma que a TV não levou um golpe tão grande.

Porém, as receitas do grupo foram seguradas por dois motivos: o grande interesse da publicidade por plataformas digitais e pelos ajustes operacionais feitos pela iHeartMedia, com a intenção de mitigar os efeitos da pandemia e também ampliar a eficiência operacional futura. Nos dois casos, as soluções estão passando diretamente pelo investimento em tecnologia.

No digital, a iHeartMedia obteve um crescimento de 100% no faturamento vindos dos podcasts no segundo trimestre de 2020. E, segundo a própria empresa, não há sinais de desaceleração dessa tendência.

"É a querida agora. É o que as pessoas procuram tentar", disse Pittman sobre os podcasts, que completa afirmando que é "uma área de tremendo crescimento" que está atraindo preços mais elevados na venda de anúncios. "É algo que os anunciantes desejam e vêm até nós em busca", afirma o executivo.

Para se ter uma ideia do volume de consumo de podcasts dentro da plataforma da iHeartMedia, o grupo contou com 25 milhões de downloads em julho, sendo um aumento de 60% em relação ao ano anterior.

Há um investimento considerável na promoção e classificação da iHeartMedia como uma plataforma consistente de podcasts. A empresa usa suas 850 estações de rádio nos Estados Unidos para alavancar o digital, algo que tem funcionado em audiência e revertido em faturamento.

Fonte: Tudo Rádio

Assine nossa Newsletter