2020-02-Banner-Capa

Fenaert orienta radiodifusores sobre medidas durante pandemia mundial

Neste momento de crise mundial, provocada pelo Coronavírus e seus efeitos, o papel da imprensa é fundamental. Para garantir a continuidade dos serviços prestados à população com a responsabilidade de levar notícias a todo tempo, é importante que algumas medidas sejam seguidas, sejam da ordem econômica ou da prevenção da disseminação do Covid-19.


A grade de programação das emissoras sofreu alterações para dar mais espaço à cobertura das informações relevantes da pandemia mundial, assim como os formatos e modalidades de emprego estão se ajustando, com o afastamento de profissionais do grupo de risco, ou a transmissão de notícias de forma a assegurar a saúde de todos.

O Governo Federal definiu o serviço da imprensa e da radiodifusão como essencial nos termos do Decreto 10.288, de 22 de março de 2020. Para além disso, registrou medidas que tratam diretamente das relações trabalhistas e de questões de gestão de cada empresa, visando evitar as complicações financeiras que o momento demonstra. A publicidade no rádio e na televisão se mostram flutuantes, com anunciantes inseguros em continuar com os contratos, mas o contexto em que estamos permite que a visibilidade ainda seja ampliada e garanta o retorno necessário.
 

A imprensa não pode parar. É com ela que a população consegue se informar, portanto, ela auxilia na contenção do vírus e na adoção das medidas necessárias para barrar o contágio. Mesmo com todos os esforços, de profissionais que bravamente noticiam diariamente, ainda é necessário combater falas que levam ao descrédito e acusações de histeria, quando na realidade demonstram o serviço fundamental que o jornalismo presta.

Reiteramos a importância e a relevância de que todas as pessoas sigam as orientações da Organização Mundial da Saúde (OMS) em relação à quarentena, que já se mostrou a forma mais eficiente de evitar a disseminação do Covid-19 no mundo todo, com o isolamento social como principal frente das medidas necessárias.


A Fenaert orienta ainda que todas as empresas estejam atentas às medidas para adequação, e que mantenham o serviço exemplar de informar a população com objetividade e responsabilidade, checando as notícias e utilizando os meios digitais para contatar autoridades e especialistas – evitando o contato próximo. As definições econômicas seguirão as normas estabelecidas pelos comunicados oficiais, a fim de garantir que todas as empresas consigam operar da melhor forma. 

Assine nossa Newsletter