2020-02-Banner-Capa

Em tempos da disseminação do coronavírus, temas como saúde e segurança são a principal prioridade de rádios em diferentes países

Diante da disseminação do coronavírus (COVID-19), as quatro grandes redes de emissoras de rádio comerciais da Austrália estão elaborando medidas visando a proteção dos funcionários. Uma delas é a instalação de estúdios domésticos para que, caso a pandemia siga aumentando, os profissionais possam continuar no ar. Segundo estimativas das autoridades, cerca de 3.000 australianos estão se auto-isolando em casa, com um total de 191 casos confirmados de coronavírus em todo o país.

Em tempos do aumento de casos do coronavírus, grandes redes de rádios comerciais tem se preparado para proteger o bem-estar dos funcionários. Caso da Australian Radio Network, grupo de estações de rádio comerciais na Austrália que mencionou já possuir tecnologia especializada para garantir que todos os funcionários, incluindo personalidades, possam trabalhar em casa ou em outros locais, se necessário. Foram feitos kits personalizados com novos equipamentos para equipes de notícias e anunciantes, que podem ser distribuídos conforme a necessidade.

 

Os trabalhos de forma remota tem sido algo bastante aderido por diversas empresas. O chefe da SCA, Grant Blackley, disse ao SMH que ele e o diretor de tecnologia Stephen Haddad estão trabalhando juntos para garantir que todos os trabalhadores também possam administrar as compras em casa.

A NOVA Entertainment também desenvolveu uma série de precauções, segundo contou Paul Jackson, chefe de programação e marketing à Rádio Today. "Levamos a saúde e a segurança de todos os nossos funcionários muito a sério e temos procedimentos e planos em linha com as diretrizes estabelecidas pelo governo e pelas autoridades de saúde", disse Jackson.

A ARN (Australian Radio Network) diz estar preparada para o pior cenário, já que as autoridades de saúde estimam que cerca de 20% da população pode contrair o vírus. "Temos limitados eventos e reuniões não essenciais, e estamos incentivando qualquer membro da equipe a trabalhar em casa ou sair se não se sentir bem", disse Davis,  executivo-chefe à Rádio Today.

Com informações do Rádio Today. Colaboração de David Duck

Assine nossa Newsletter