2020-02-Banner-Capa

Alcance do rádio cresce pela terceira vez consecutiva. São Paulo segue com 19 FMs acima de 1 milhão de ouvintes cada

Se depender do alcance das rádios FMs de São Paulo, o mercado continuará com notícias positivas. No dia do aniversário da capital paulista, 25 de janeiro, o tudoradio.com destaca o novo avanço visto na medição realizada pela Kantar Ibope Media, referente ao alcance das emissoras. Trata-se da terceira alta consecutiva registrada nos alcances de 30 e 90 dias. Também há a manutenção da marca de 19 FMs impactando mais de 1 milhão de ouvintes diferentes em cada estação. Acompanhe (05h-00h/FM+WEB/todos os dias e locais/trimestre outubro a dezembro de 2020):

No geral, o alcance do rádio FM de São Paulo mostrou uma certa estabilidade ao logo de 2020, o que é um fato positivo, já que houve uma mudança drástica na rotina da população devido à pandemia do novo coronavírus. Os deslocamentos foram restritos e o consumo de mídia digital foi impulsionado. Mesmo assim, o alcance do meio manteve o mesmo patamar do começo de 2020, mas com algumas diferenças: o número de pessoas impactadas pelas principais emissoras aumentou.

Por exemplo: no trimestre outubro a dezembro de 2019, conhecido pelo mercado em janeiro de 2020, eram 17 FMs acima da marca de 1 milhão de pessoas em seus respectivos alcances (30 e 90 dias). Agora são 19. Outra diferença: três rádios costumavam a ficar acima dos 2 milhões de ouvintes alcançados. Agora são 4 (chegou a ser 5 nas medições anteriores) e com mais duas FMs próximas dessa marca.

O Grupo Bandeirantes contribuiu diretamente nesses avanços: jogou suas duas rádios jornalísticas (BandNews FM 96.9 e Rádio Bandeirantes FM 90.9) acima da marca de 1 milhão em 30 e 90 dias (05h-00h/FM+WEB/todos os dias e locais) e a Nativa FM 95.3 acima de 2 milhões, rádio que está estabilizada nesta condição, junto com Band FM 96.1 (líder), Jovem Pan FM 100.9 e Alpha FM 101.7.

A maioria das primeiras colocadas finalizaram o ano de 2020 com alcances superiores aos números observados no fechamento de 2019. São elas: as já citadas Band FM, Jovem Pan FM e Nativa FM, e também a sequência com Metropolitana FM 98.5, Rádio Mix FM 106.3, Rádio Disney FM 91.3, Transcontinental FM 104.7, Transamérica FM 100.1, NovaBrasil FM 89.7, CBN FM 90.5, Kiss FM 92.5, BandNews FM e Rádio Bandeirantes.

Porém, seria uma análise injusta com as outras FMs não citadas acima dizer que o cenário é negativo para elas. Pelo contrário: o grupo que integra a lista das "19" ostenta uma certa estabilidade em seus números entre os dois períodos analisados, com o detalhe que essas rádios já contaram com índices históricos no início de 2020. Isso manteve a relevância do rádio perante a população, mesmo com as mudanças de hábitos forçadas pela pandemia do novo coronavírus.

Alcance?

O alcance é o número de pessoas diferentes que ouviram uma determinada emissora por pelo menos 1 minuto, em um período de tempo definido. Na determinação do alcance não é levado em conta o tempo que cada indivíduo dedicou à emissora.

O dado é muito utilizado pelo mercado para medir a força de marca e a eficiência dos resultados de ações promocionais e de comunicação, também auxiliando diretamente na defesa comercial do meio rádio.

A partir de pedidos de profissionais de várias regiões brasileiras, o tudoradio.com acompanhará com mais frequência a evolução do alcance do rádio no Brasil, tendo como base o período 05h-00h (FM+WEB/todos os dias e locais), considerando o alcance 30 dias e também o máximo (90 dias).

Como ele expõe o impacto do meio rádio e de uma determinada marca na população, atualmente o alcance é lembrado como algo mais próximo dos valores utilizados por plataformas digitais, como números de visitantes únicos, alcances e engajamentos (que dificilmente consideram médias de audiência).

Retorno do "face to face" na pesquisa

A medição atual também cobre um trimestre cheio do retorno do "face to face". Desde o dia 20 de março do ano passado, a pesquisa não estava contando com entrevistas presenciais devido a pandemia do novo coronavírus, sendo substituídas por entrevistas feitas via telefone e internet.

A pandemia do novo coronavírus impediu que pesquisadores saíssem às ruas para fazer as entrevistas, assim como ocorreu com pesquisas de outros institutos e/ou sobre outros temas analisados. A normalização foi iniciada no banco de setembro de 2020, com o retorno da modalidade "face to face", impactando assim de forma parcial nas últimas atualizações.

Importante: entenda o ranking…

A medição realizada pelo Kantar Ibope Media conta com vários cenários diferentes. Desde 2007 o tudoradio.com mostra a evolução do meio FM na média de audiência por minuto das estações medidas, tendo o 05h-00h (todos os dias e locais) como base.

Para algumas emissoras é importante estar entre os maiores volumes de audiência (que é a composição de alcance com tempo médio), mas para outras o foco é estar bem posicionada dentro de seu formato e/ou público-alvo, situações que vão determinar as estratégias de cada estação.

Também é importante considerar que a média de ouvintes por minuto é um dos dados considerados pelo mercado. A pesquisa conta com outros índices e valores, como share (partilha do meio FM/AM entre as rádios medidas, esta que também conta com cenários diversos), índice absoluto de audiência, alcance (total de ouvintes diferentes impactados pela rádio durante um determinado períodos de tempo, dado que tem um peso semelhante à média de audiência), afinidade, sobreposições, entre outros dados e cenários.

Todos esses recortes, seja da audiência, alcance, afinidade, entre outros dados, ajudam nos planejamentos artístico, promocional e comercial do mercado.

Cerca de 40 FMs são medidas na atual pesquisa de audiência da Grande São Paulo.

Fonte: Tudo Rádio

Assine nossa Newsletter